segunda-feira, 26 de junho de 2017

A Grande Utopia - Poesia de Valdecy Alves

Nos confins do mundo


Ecoam entre vales
Da grande cordilheira

Dentre todas as cordilheiras
Onde há montanhas
Mais altas que a lua
O canto de dor
De todos os poetas
Que cantaram o sofrimento
De todos os vivos 
De toda a humanidade

A dor de serem mortais
A dor dos sonhos irrealizados
A dor da traição da política
A dor do desvio da revolução
A dor da fome de todos miseráveis...
A dor da injustiça
A dor da saudade
A dor do amor não correspondido
A dor da incompletude...
Da frustração... da morte da esperança...
A dor de todas as dores...
E alguns cantos de tão elevados
Ultrapassam a altura do sol!
E das mais longínquas estrelas
E a grande utopia... é que um dia...
Ecoem sons de sorrisos e 
Cantos de alegria!

De: Valdecy Alves
Fortaleza - Ceará - 26/06/2017



domingo, 25 de junho de 2017

CASA ONDE NASCEU JOSÉ DE ALENCAR - UM DOS MAIORES ESCRITORES DA HISTÓRIA DO BRASIL - PATRIMÔNIO CULTURAL DO POVO BRASILEIRO - EM MESSEJANA - FORTALEZA - CEARÁ - VISITE!

Casa de José de Alencar - Hoje museu e pequeno parque - há restaurante e um museu com peças indígenas também
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves - Orion Zarathustra

UMA CASINHA BRANCA NO MEIO DO VERDE - CASA ONDE NASCEU O GRANDE ESCRITOR BRASILEIRO JOSÉ DE ALENCAR: Localiza-se no bairro de Messejana, na Avenida Washington Soares, perto do viaduto que leva para a cidade do Euzébio, próximo da entrada do Cambeba, em Fortaleza, Ceará. Com as dicas, é fácil qualquer turista chegar à casa em que nasceu José de Alencar. Uma casinha branca, humilde, bela, em seu interior com várias placas, contando a história do grande escritor cearense e a relação com a casa onde nasceu e com o local onde viveu sua infância. Vale a pena visitar. Arquitetura simples, paredes de tijolo e cal. Caibros de tronco de carnaúba. Chão de tijolos nus, a cozinha no alpendre, em volta pés de caju, de manga, várias outras árvores. Muito verde. As ruínas do engenho construído por seu pai, José Martiniano Pereira de Alencar, que na pequena casa viveu anos e anos com a mãe de José de Alencar Ana Josefina de Alencar. Vale a pena conhecer a casa museu em que nasceu um dos maiores escritores brasileiros. Bem cultural tombado pelo Iphan e faz parte do mapa turístico de Fortaleza.

Escritor José de Alencar

Vista a partir de um dos cajueiros centenários
JOSÉ DE ALENCAR NASCEU EM 01 DE MAIO DE 1829: O grande escritor brasileiro, que escreveu obras com Ubirajara, o Guarani, Iracema... criou o romance indianista brasileiro, ao tempo que através do mito Iracema (anagrama da palavra América) narrou a origem do povo americano, construtores do novo mundo, ainda uma promessa de transformar-se num mundo novo. Iracema a virgem dos lábios de mel, cercada pela maravilhosa fauna americana, por florestas, verdes mares, brisas mágicas... ao unir-se ao homem branco... colonizador... passa a ser a mãe do povo americano. E nasce a lenda da origem do povo brasileiro. Forja-se uma identidade americana... a partir da miscigenação. O que torna José de Alencar um gigante... tão importante para literatura brasileira e americana quanto Cervantes para Espanha, Camões para Portugal, Dante para Itália... Por isso é um momento mágico visitar a casa onde nasceu tão ilustre escritor brasileiro.

Valdecy Alves visitando a Casa do escritor
EIS O PORQUÊ JOSÉ DE ALENCAR NASCER NUMA CASA TÃO HUMILDE - PERDIDA NO MEIO DA MATA: Tudo porque seu pai era padre. Filho de Bárbara Alencar, que participou tanto da Revolução de Pernambuco, como da Confederação do Equador, sendo a primeira mulher presa política da história do Brasil. Assim, José de Alencar descendia de uma família de revolucionários, originários da cidade do Crato, interior do Ceará. Na verdade o Padre Martiniano de Alencar apaixonou-se pela prima, com quem manteve um relacionamento secreto, escondendo-a na pequena casa. De se dizer que o tio de José de Alencar, Tristão Gonçalves, foi outro revolucionário que participou da Confederação do Equador. O pai de José de Alencar tornou-se empresário e político bem sucedido posteriormente. Ocupando o cargo de Senador Vitalícia do Brasil. José de Alencar foi advogado, jornalista, escritor, político, grande orador, romancista e dramaturgo. Um dos mais ilustres brasileiros, que dá orgulho ao Ceará que o homenageou dando seu nome ao maior teatro de Fortaleza, o nome de personagens a praias e lagoas. 

Mais algumas fotos da Casa em que nasceu José de Alencar, interior da casa, transformada numa espécie de museu:



Vista lateral

Máscara Mortuário do escritor

Placa na sala principal da casa

Teto de caibros de carnaúba

O chão em tijolos nus

Assista ao pequeno documentário sobre a Casa de José de Alencar - feito por Valdecy Alves:




quinta-feira, 22 de junho de 2017

59 COMARCAS DO CEARÁ FECHARÃO - CONFORME ESTUDO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARÁ - 32% DOS MUNICÍPIOS DO CEARÁ NÃO TERÃO MAIS JUIZ NA COMARCA SE AS MEDIDAS FOREM ADOTADAS- OAB - DEFENSORIA PÚBLICA - MOVIMENTOS SOCIAIS - SINDICATOS - VEREADORES... DEVEMOS TODOS RESISTIR E LUTAR PARA QUE EXISTAM MAIS RECURSOS PARA O PODER JUDICIÁRIO... O ACESSO À JUSTIÇA É DIREITO HUMANO UNIVERSAL E FUNDAMENTAL... RUIM COMO ESTÁ... PIOR NÃO DEVEMOS DEIXAR FICAR..




ANÁLISE DO ESTUDO DE REESTRUTURAÇÃO DO
PODER JUDICIÁRIO NO ESTADO DO CEARÁ

- Artigo 5º - Constituição Federal: XXXV -  a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito;
- Artigo 5º - Constituição Federal: LXXVIII - a todos, no âmbito judicial e administrativo, são assegurados a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação.
- Direito previsto na Declaração Universal dos Direitos Humanos e pactos internacionais.

Observações:

1)     Estudo realizado pelo Grupo de Trabalho (GT) instituído pelo Tribunal de Justiça;
2)     Com o objetivo de reestruturar – MAS TEM QUE OUVIR A SOCIEDADE QUE SERÁ ATINGIDA PELAS MEDIDAS;
3)     O Estudo visa através de lei modificar a Organização Judiciária no Ceará;
4)     O Estudo produz recomendações ao Poder Judiciário e ao Poder Legislativo do Estado do Ceará;
5)     As recomendações dizem respeito a: EXTINÇÃO – TRANSFORMAÇÃO OU TRANSFERÊNCIA DE UNIDADES JUDICÁRIAS
6)     Distribuição processual anual inferior a 496 processos, metade da média de processos distribuídos  no último triênio;
7)     A média de distribuição de processos no Ceará, por juiz, é de 993, no último triênio;
8)     25% das 424 unidades judiciária, cerca de 97 unidades, tiveram distribuídos menos de 496 processos por ano;
9)     Das 424 unidades, 35 são comarcas vinculadas;
10)  Adequar as despesas à situação fiscal do Estado do Ceará. Mas a crise é passageira!
11)  Há 60 vagas para juiz. Mas se resolve o problema extinguindo as vagas?
12)  Comarcas com população de 15 a 20 mil habitantes, com distribuição anual inferior a 496 processos;
13)  Comarcas distantes entre sedes de até 10 km
14)  O Governo do Estado do Ceará dividiu o Ceará em XIV regiões para aplicação das políticas públicas estaduais
15)  O GT recomenda estruturar o Poder Judiciário em Zonas Judiciárias aos moldes das regiões estaduais;
16)  17 comarcas vinculadas têm menos de 10.000 habitantes; 13 comarcas vinculadas têm entre 10 e 15 mil habitantes;
17)  Das 35 Comarcas Vinculada, cerca de 30 comarcas distribuem por ano menos de 496 processos;
18)  Das 35 comarcas vinculadas apenas Ocara será transformada em Comarca nova, as outras 34 serão fechadas, extintas;
19)  Transferir comarcas iniciais, fechando, comarcas onde a distribuição de processos anos seja até 496 e tenha população inferior a 15.000 habitantes – no total de 44 comarcas
20)  Nenhuma entrância intermediaria será fechada, mas haverá alteração na distribuição processual;
21)  Toda comarca com mais de 50.000 habitantes deve ter no mínimo duas varas;
22)  As entrâncias passam a ser classificas como: 1) Inicial mais de 20 mil habitantes; 2) Intermediária 50 mil habitantes e 3) Final 200 mil habitantes;
23)  59 Comarcas serão extintas – Cerca de 32% dos Município não terão juiz residindo na Comarca, nem Comarca em seu território;
24)  Onde se fechar uma comarca também não terá mais o membro do Ministério Público;
25)  Como está hoje há Comarcas em todos os municípios, o juiz vai ao jurisdicionado. Agora em 59 Comarcas a população é que deverá ir ao juiz;
26)  Os advogados das 59 comarcas terão que se deslocar para trabalhar, aumentando os custos do acesso à Justiça.



34 COMARCAS VINCULADAS SERÃO EXTINTAS VOLTANDO A SER TERMOS JUDICIÁRIOS
VEJAM QUAIS E EM QUE COMARCAS SEDES FUNCIONARÃO
SÓ OCARA PASSARÁ A SER COMARCA AUTÔNOMA

Comarcas que Fecharão voltarão a ser termo judiciário
Razões do Fechamento
Comarca que atenderá o povo da Comarca Vinculada extinta
Guaramiranga
População inferior a 15.000 habitantes  - Poucos processos distribuídos
Pacoti
Granjeiro
 Mesma razão de Guaramiranga
Caririaçu
Pacujá
Mesma razão de Guaramiranga
Mucambo
Potiretama
Mesma razão de Guaramiranga
Alto Santo
General Sampaio
Mesma razão de Guaramiranga
Pentecoste
Erere
Mesma razão de Guaramiranga
Iracema
Altaneira
Mesma razão de Guaramiranga
Nova Olinda
Senador Sá
Mesma razão de Guaramiranga
Massapê
Itaiçaba
Mesma razão de Guaramiranga
Jaguaruana
Umari
Mesma razão de Guaramiranga
Ipaumirim
São João do Jaguaribe
Mesma razão de Guaramiranga
Tabuleiro do Norte
Armeiroz
Mesma razão de Guaramiranga
Tauá
Moraújo
Mesma razão de Guaramiranga
Coreaú
Penaforte
Mesma razão de Guaramiranga
Brejo Santo
Tarrafas
Mesma razão de Guaramiranga
Assaré
Alhano
Mesma razão de Guaramiranga
Russas
Deputado Iraúna Pinheiro
Mesma razão de Guaramiranga
Solonópole
Catunda
Mesma razão de Guaramiranga
Santa Quitéria
Pires Ferreira
Mesma razão de Guaramiranga
Ipu
Potengi
Mesma razão de Guaramiranga
Araripe
Martinópole
Mesma razão de Guaramiranga
Granja
Jaguaribara
Mesma razão de Guaramiranga
Jaguaretama
Alcântaras
Mesma razão de Guaramiranga
Sobral
Abaiara
Mesma razão de Guaramiranga
Milagres
Paramoti
Mesma razão de Guaramiranga
Caridade
Milhã
Mesma razão de Guaramiranga
Senador Pompeu
Ibaretama
Mesma razão de Guaramiranga
Quixadá
Choró
Mesma razão de Guaramiranga
Quixadá
Miraíma
Mesma razão de Guaramiranga
Amontada
Apuiarés
Mesma razão de Guaramiranga
Pentecoste
Tururu
Média de processos inferior a 496
Umirim
Salitre
Média de processos inferior a 496
Campos Sales
Banabuiú
Média de processos inferior a 496
Quixadá
Tejuçuoca
Média de processos inferior a 496
Itapajé



03 COMARCAS QUE SOFRERÃO FUSÃO – A EXTINTA SE INTEGRANDO Á COMARCA VIZINHA – DISTANTE MENOS QUE 15 KM

Barroquinha passa para Chaval (13,3 km);
Mulungu passa para Pacoti (13,2 km);
Baixio passa para Ipaumirim (7,2 km),

14 COMARCAS QUE SERÃO EXTINTAS E TRANSFERIDAS PARA OUTRAS COMARCAS DISTRIBUIÇÃO DE PROCESSOS POR ANO INFERIOR A 496 E COM POPULAÇÃO DE ATÉ 15.000 HABITANTES

Antonina do Norte passa para Assaré
Ararendá passa para Nova Russas
Aratuba passa para Capistrano
Frecheirinha passa para Viçosa
Groaíras passa para Cariré
Ibicuitinga passa para
Ipaporanga passa para Crateús
Jati passa para Brejo Santo
Meruoca passa para Sobral
Palmácia passa para Maranguape
Poranga passa para Ipueiras
Porteiras passa para Brejo Santo
São Luís do Curu  para São Gonçalo do Amarante
Uruoca passa para Granja

05 COMARCAS QUE SERÃO EXTINTAS E TRANSFERIDAS PARA OUTRAS COMARCAS DISTRIBUIÇÃO DE PROCESSOS POR ANO INFERIOR A 496 E COM POPULAÇÃO ACIMA DE 15.000 HABITANTES E INFERIOR A 20.000 HABITANTES.

Graça passa para Mucambo
Fortim passa para Aracati
Piquet Carneiro passa para Mombaça
Carnaubal passa para São Benedito
Croatá passa para Guaraciaba do Norte

COMARCAS QUE SERÃO EXTINTAS E TRANSFERIDAS PARA OUTRAS COMARCAS DISTRIBUIÇÃO DE PROCESSOS POR ANO INFERIOR A 496 E COM POPULAÇÃO INFERIOR A 20.000 HABITANTES E BEM PRÓXIMAS GEOGRAFICAMENTE DE OUTRAS COMARCAS – 10 KM DE DISTÂNCIA

Acarape passa para Redenção
Cruz passa para Acaraú
Cariús passa para Jucás 

Acesse o Estudo Completo de Reestruturação do Poder Judiciário no Ceará, clicando no seguinte link:



CONCLUSÃO: A sociedade civil organizada, os movimentos sociais, o movimento sindical, a OAB (Advogados de 59 comarcas ficarão sem fórum onde atuar, fecharão seus escritórios e gastarão muito com transporte para advogar - custos aumentarão para seus clientes, a justiça cada vez mais cara e inacessível), a Defensoria Pública, os vereadores das cidades que serão vitimadas pelo fechamento das Comarcas... PRECISAM RESISTIR IMEDIATAMENTE... pois o estudo ainda irá para a Presidência do Tribunal de Justiça... de onde em forma de projeto de lei irá para Assembleia Legislativa... tem que fazer pressão nos deputados para não votar o fechamento das 59 comarcas e mais... REALIZAR AUDIÊNCIA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA... COM TODOS OS DEPUTADOS... PARA LEVANTAR QUANTO O JUDICIÁRIO PRECISA EM RECURSOS NÃO APENAS PARA NÃO FECHAR AS 59 COMARCAS DOS MUNICÍPIOS MAIS POBRES DO CEARÁ, 32% DO TOTAL DE MUNICÍPIOS, MAS PARA TRANSFORMAR AS 59 COMARCAS EM COMARCAS AUTÔNOMAS, COM JUÍZES  RESIDENTES... E TENDO NOÇÃO DESSES RECURSOS FAZER EMENDA ORÇAMENTÁRIA COM REMANEJAMENTO DE RECURSOS... PARA GARANTIR A TODOS OS MUNICÍPIOS... A TODOS OS CIDADÃOS E CIDADÃS CEARENSES O PLENO ACESSO AO PODER JUDICIÁRIO... DIREITO FUNDAMENTAL PREVISTO NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL... DIREITO HUMANO UNIVERSAL CONTIDO NA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, NA CONVENÇÃO AMERICANA DE DIREITOS HUMANOS E NOS MAIS IMPORTANTES TRATADOS INTERNACIONAIS RATIFICADOS PELO BRASIL... SE JÁ ESTÁ RUIM... COMO ESTÁ A SITUAÇÃO... PIOR FICARÁ´COM O FECHAMENTO DE 59 COMARCAS... O PODER PÚBLICO NÃO TEM QUE DAR LUCRO... O PODER PÚBLICO PRECISA MINIMAMENTE GARANTIR O ACESSO À JUSTIÇA... OU SERÁ A FALÊNCIA TOTAL DO ESTADO E DA REPÚBLICA.

Análise Realizada por Dr. Valdecy Alves
Fortaleza (CE) – 22 de junho de 2017

Veja vídeo do Dr. Valdecy Alves analisando o Estudo de Reestruturação do Poder Judiciário no Estado do Ceará:







Related Posts with Thumbnails