segunda-feira, 28 de novembro de 2016

O ESCÂNDALO DO USO DO DINHEIRO DO FUNDEF PARA PAGAMENTO DE ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA - MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PEDE BLOQUEIO DE VERBAS PARA QUE NENHUM ESCRITÓRIO RECEBA ... DEU NO JORNAL O POVO

Jornal O Povo de 28/11/2016

ESTÃO CAINDO EM CIMA DO DINHEIRO DA EDUCAÇÃO - 60% DEVERIA SER DOS PROFESSORES -COMO URUBU EM CIMA DE CARNIÇA: Deu no jornal O Povo de 28 de novembro de 2016 - que o Ministério Público Federal ajuizou ações para evitar que o dinheiro do Fundef, diferença de anos atrás não repassada aos municípios, para evitar que parte do dinheiro seja repassada a escritórios de advocacia, que foram contratados sem licitação, cobrando 20% do total dos valores. Como há 14 municípios que receberiam precatórios a partir de 12 de dezembro de 2016, cerca de R$ 80 milhões de reais. R$ 16 milhões pertenceriam a esses escritórios. Os advogados seriam ligados à  APRECE. Associação dos prefeitos do Ceará.  MAS A BRIGA POR HONORÁRIOS TAMBÉM ESTÁ ACONTECENDO A NÍVEL DA APEOC E DOS REPRESENTADOS PELA FETAMCE.

FETAMCE FALOU DAS DIFERENÇAS QUE SERIAM PAGAS AOS SERVIDORES -POIS DESSE DINHEIRO 60% SERIAM PARA PROFESSORES E APEOC ENTROU NA JUSTIÇA E SÓ ALGUNS ESCRITÓRIOS DISPUTAM ESSE DINHEIRO: Como 60% de tais verbas, por força de lei, pertence aos professores. Tanto representados pela Fetamce quanto Apeoc estão na briga um nível abaixo da disputa, com pouquíssimos escritórios advocatícios estando à frente das ações, cobrando em média 25% do valor do que couber aos professores.  ATÉ AÍ NADA DEMAIS. NESSE CASO LICITAÇÃO NÃO É NECESSÁRIO. O PROBLEMA É POR QUE SÓ ALGUNS ESCRITÓRIOS, NÃO TENDO HAVIDO IGUALDADE DE OPORTUNIDADE PARA TODOS OS ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA PUDEREM PARTICIPAR OFERECENDO CONTRATOS DE TRABALHO PARA QUE OS SERVIDORES DECIDISSEM.  E O PIOR, ALGUNS DESSES ESCRITÓRIOS, MESMO SABENDO QUE MUITOS SINDICATOS JÁ TINHAM ADVOGADOS, PASSARAM POR CIMA DOS ESCRITÓRIOS DOS SEUS COLEGAS FECHANDO CONTRATOS... NOUTROS CASOS ANTES DO DINHEIRO SER PAGO... A APEOC BRIGA COM ALGUMAS ENTIDADES PARA REPRESENTAR QUEM NÃO REPRESENTA NUMA DISPUTA DE BASE SINDICAL ONDE OS PROFESSORES E PEQUENOS SINDICATOS ACABAM PREJUDICADOS... Ficam alguns questionamentos: 1) Por que ao colocar a informação para os servidores municipais a Fetamce já tinha consigo alguns escritórios de advocacia que pegaram a maioria dessas ações no Ceará?  Necessário entender tal postura da Fetamce... Por que a Apeoc já fez acordo com alguns prefeitos para dividir esse dinheiro, mesmo sem antes ter feito assembleia com os servidores donos do crédito? Em alguns casos, querem dividir tais diferenças com todos os professores atuais, quando só poderia ser dividido com os professores que eram professores na época a que a diferença diz respeito, entre 1999 e 2006. Isso se esse dinheiro chegar ás mãos dos professores... pois há municípios que estão fazendo de tudo para sacar todo o saldo do precatório...  E os professores desse período que já se aposentaram? Que já morreram... como ficarão???

IMAGINE QUE DETERMINADO MUNICÍPIO TENHA A RECEBER R$ 10 MILHÕES DE DIFERENÇA DO FUNDEB EM PRECATÓRIO. DESSES R$ 10 MILHÕES, O TOTAL DE R$ 2 MILHÕES IRÃO PARA OS ADVOGADOS LIGADOS À APRECE. CONTRATADOS SEM LICITAÇÃO. SOBRANDO ENTÃO R$ 8 MILHÕES. DESSES R$ 8 MILHÕES,  40% ficariam com os Municípios, isto é, R$ 3,2 milhões, em alguns casos precatórios pagos em 2016 seriam pagos a prefeitos investigados por desmonte, como é o caso de Paramoti. Já 60% IRIAM PARA OS PROFESSORES, ISTO É, R$ 4,8, IRIAM PARA OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO. TODAVIA DESSES R$ 4,8 MILHÕES DOS PROFESSORES, 25%, EM MÉDIA, PARA ESCRITÓRIOS LIGADOS À APEOC OU A OUTRAS ENTIDADES, R$ 1,2 MILHÕES. NESSE CASO NÃO HÁ NECESSIDADE DE LICITAÇÃO PARA ADVOGADOS DOS SINDICATOS, O QUE SE QUESTIONA É POR QUE SÓ ALGUNS ESCRITÓRIOS TIVERAM ACESSO A TAIS AÇÕES? NÃO HAVENDO IGUALDADE DE DISPUTA E QUE A DECISÃO DE CONTRATAR FOSSE DOS SERVIDORES EM ASSEMBLEIA. SOBRANDO ENTÃO  R$ 3,6 MILHÕES QUE IRIAM PARA OS PROFESSORES. É POUCO DINHEIRO PARA MUITA GENTE E O PIOR, OS PROFESSORES NESSE MEIO APENAS JOGUETE EM MEIO A TEMPESTADE DE INTERESSES!

sábado, 26 de novembro de 2016

SERVIDORES MUNICIPAIS DE TEJUÇUOCA EM ASSEMBLEIA NOTIFICARÃO PREFEITO DECLARANDO QUE NÃO ADMITIRÃO ATRASOS SALARIAIS - PEDIRÃO ABERTURA DE INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO PARA APURAR IRREGULARIDADES NO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA - PODERÁ HAVER PARALISAÇÃO E MANIFESTOS PELAS RUAS COM OCUPAÇÃO DA PREFEITURA



Servidores aprovam todas as medidas propostas por unanimidade
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves

SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE TEJUÇUOCA AGEM PREVENTIVAMENTE PARA EVITAR ATRASO DE 13º E DE PAGAMENTO DE SALÁRIOS: Por unanimidade, a categoria dos municipais de Tejuçuoca, em assembleia convocada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tejuçuoca - SINDSET -  aprovou a tomada de duas medidas PREVENTIVAS para evitar atraso no pagamento tanto do 13º salário, quanto para evitar atrasos salariais, a saber:

PRIMEIRA MEDIDA: Oficiará o Ministério Público local para expedir recomendação para que o Município feche o ano de 2016, tanto pagando o 13º salário (até 20/12), quanto o salário do mês em dia. DINHEIRO É O QUE NÃO FALTA;

SEGUNDA MEDIDA: O Sindicato notificará o prefeito que se houver qualquer atraso, tanto haverá denúncia eleitoral quanto representação para ajuizamento de ação por improbidade junto ao Ministério Público local, que pode resultar nas seguintes penas: a) bloqueio de verbas; b) inelegibilidade por até 08 anos c) multa eleitoral que pode chegar a R$ 100.000,00 (cem mil reais); d) pedido de afastamento do prefeito do cargo, por improbidade e e) pagamento de multa de até 100 vezes o subsídio que ganha o prefeito, em caso de violação. Dizem que o prefeito ganha R$15.000,00, que multiplicado por 100, totaliza R$ 1.500.000, 00 (hum milhão e quinhentos mil reais).  A CATEGORIA NÃO QUER MULTA. QUER SEUS DIREITOS PAGOS EM DIA! NÃO ACEITARÁ DESMONTE.



Momentos mais importantes da assembleia
 SOBRE O TEJUPREV - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL: A categoria aprovou que seja aberto inquérito civil público pelo Ministério Público para apurar todas as irregularidades que fizeram do Regime Próprio de Previdência de Tejuçuoca (RPPS) um dos piores administrados do Ceará. Além de decidir que vai exigir que a prefeita eleita zere o déficit previdenciário, além de providenciar as fichas contábeis de cada servidor. Previdência é coisa séria. É direito social. É direito garantidor da vida e da dignidade humana.  A CATEGORIA NÃO ACEITA MAIS ATRASOS NOS REPASSES DAS ALÍQUOTAS TANTO DO SERVIDOR QUANTO DO MUNICÍPIO. Foi a primeira assembleia do Sindset sob a presidência do Luzimar Farias, contou com a presença do servidor municipal e blogueiro Rogilson Brandão, eleito vereador, que se propôs a defender interesses da categoria na Câmara Municipal, desde que a categoria dê apoio e também participe das sessões no Legislativo.




Momentos mais importantes da assembleia

CONCLUSÃO: A categoria não aceitará violação aos seus direitos mínimos. A categoria está agindo preventivamente. A categoria quer competência e moralidade na gestão do Tejuprev, Instituto Municipal de Previdência. A categoria se colocou em estado de alerta, para se for o caso paralisar, protestar pelas ruas e até ocupar o prédio da prefeitura em caso de qualquer atraso. Priorizará o diálogo, mas é de luta e quem duvidar verá! POIS A ESSÊNCIA DA VIDA - DO SER HUMANO E DA CIDADANIA É LUTAR! DECLARADA TEMPORADA GERAL DE LUTA!


sexta-feira, 25 de novembro de 2016

34 ANOS DE CAMINHADA DA SECA EM HOMENAGEM AOS MORTOS NO CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DO PATU NA SECA DE 32 COM A CAMINHADA REALIZADA EM 13/11/2016 - HORA DA CAMINHADA SER TRANSFORMADA EM EVENTO ECUMÊNICO POIS É PATRIMÔNIO CULTURAL DE TODO O POVO BRASILEIRO


34ª Caminhada da Seca - foi no dia 13/11/2016 - Em Senador Pompeu - Ceará
Fotos; Orion Zarathustra e Valdecy Alves

REALIZADA A 34ª CAMINHADA DA SECA EM 13/11/2016 - MILHARES DE PESSOAS PERCORRERAM 03 KM DA CIDADE DE SENADOR POMPEU AO CEMITÉRIO DA BARRAGEM ONDE FORAM ENTERRADAS MILHARES DE PESSOAS VÍTIMAS DO CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DO PATU NA SECA DE 32: A multidão saiu por volta das 05 horas da manhã, pronta para percorrer cerca de 03 km até o cemitério da Barragem do Patu, lugar tido como santo, onde o povo o ano inteiro paga promessas. Partindo de frente da Igreja Matriz. Um caminhão com cantos religiosos e começou a 34ª Caminhada da Seca em memoria das vítimas do Campo de Concentração do Patu, da Seca de 32, que foi instalado em Senador Pompeu. Um dos 07 campos de concentração, pois na mesma época foi criado o Campo de Concentração de Cariús, Crato, Quixeramobim, 02 campos em Fortaleza (Otávio Bonfim e Urubu) e o único da região norte do Ceará, o Campo de Concentração da cidade de Ipu. Os caminhantes  que formam a multidão: católicos praticante, pagadores de promessas, romeiros de toda região, estudiosos e pesquisadores de todo Brasil, curiosos, ativistas em defesa da preservação do patrimônio histórico material e imaterial e mídia de todo o Ceará e de todo o Brasil.  


Pela velha Estrada do Gado - Ao fundo a Serra do Patu - Foi-se a Caminhada em Direção ao Cemitério da Barragem
A Caminhada sempre finda no Cemitério da Barragem (Foto: Valdecy Alves)
Onde estão os corpos de milhares de vítimas do Campo de Concentração do Patu
Enterradas em valas - Martirizadas - Por isso as almas santificadas pela religiosidade popular

JÁ É TEMPO DA CAMINHADA DA SECA SER TRANSFORMADO EM EVENTO ECUMÊNICO - ATÉ PORQUE JÁ É ECUMÊNICA DE FATO: A Caminhada da Seca foi criada há 34 anos pelo padre italiano Albino Donat, que ficou admirado pelo surto messiânico de pessoas que pagavam promessas junto ao Cemitério da Barragem do Patu, onde funcionou o Campo de Concentração do Patu, na Seca de 32. Que se diga que os primeiros a realizar rituais religiosos no local sagrado das almas santificadas foram os umbandistas, sobretudo nas noites de sexta-feira. Na verdade o local se tratava de um antigo canteiro de obras do Dnocs, para abrigar engenheiros, apontadores, técnicos e operários nas duzentas casas de taipa, que construiriam a Barragem do Patu, a partir de 1919, hoje Açude do Patu, cuja construção só se deu na década de 80. No local foram abrigados mais de 20.000 flagelados, que não recebiam o suficiente nem para repor as calorias diárias. Sem higiene. Amontoados feito animais para abate. Tudo acabou numa grande epidemia, com milhares de mortos, sendo que grande parte sequer foram registradas. Na verdade, pouco mais de 1.000 mortos foram realmente registrados e autopsiados, mas a multidão de flagelados, que via com horror a retirada de fígado dos mortos, enterraram a maioria dos seus parentes em valas comuns no meio da mata, em meio à caatinga. O local do cemitério foi onde se enterrou mais gente, segundo relatos de todos os sobreviventes, em valas enormes que eram abertas toda manhã e só eram fechadas ao final do dia ou quando enchidas por inteiro com cadáveres de todas as idades. Relatos de terror dão conta da mortandade. A Caminha da Seca tem 34 anos de existência é realizada em memória de tais vítimas. Hora de ser transformada a Caminhada da Seca em evento ecumênico, em que membros de toda e qualquer religião possa participar e que o ritual seja comum, entre todos os credos. Até porque grande parte dos filhos de Senador Pompeu descendem dos concentrados de 32 e são das mais diversas religiões. Sendo a Caminhada uma denúncia um protesto, ato de resistência contra um crime e uma realidade que continua nos dias atuais.

Visões do Sertão ao Longo da Caminhada

Valdecy Alves na Caminhada da Seca
 O CURRAL DA FOME SE TRANSFORMOU EM CURRAL ELEITORAL E A INDÚSTRIA DA SECA CONTINUA - HÁ UMA NOVA MODALIDADE DE CAMPO DE CONCENTRAÇÃO COM CERCAS INVISÍVEIS: A indústria da Seca continua. Hoje em forma de esmola do governo, o bolsa família, que em vez de ser uma política social que retire o pobre da miséria, mantém na miséria como forma de se transformar a esmola viciadora em voto de gratidão no político que adotou a miséria que lhe rende a sempre reeleição. POLÍTICA SOCIAL VERDADEIRA LIBERTA DA POBREZA, DA MARGINALIZAÇÃO E DA FOME. MANTER A REALIDADE QUE MANTÉM A MISÉRIA, A POBREZA É FORMA DE ESCRAVIDÃO. É FORMA DE CRIAÇÃO DE UM NOVO TIPO DE CAMPO DE CONCENTRAÇÃO QUE ATENTA CONTRA LIBERDADE - CONTRA DEMOCRACIA - CONTRA CONSTITUIÇÃO E CONTRA DIGNIDADE HUMANA.. Na verdade, o curral da fome, que foram os campos de concentração, atualmente são os currais eleitorais, que formam um grande campo de concentração de miseráveis, cercados por cercas invisíveis. Porém na mesma miséria. Num campo de concentração de votos de gratidão, que serão despejados para o doador da esmola e mantedor da miséria na eleição, onde o que menos existe á democracia, pois não é democracia uma democracia que brota dos campos da escravidão. NADA MUDOU. SÓ A FORMA DA CONCENTRAÇÃO E DA ESCRAVIDÃO! 


ABAIXO MAIS FOTOS DA 34ª CAMINHADA DA SECA/2016 E UM PEQUENO DOCUMENTÁRIO SOBRE A  CAMINHADA - VEJA AS FOTOS - ASSISTA AO DOCUMENTÁRIO - SE PUDER - COMENTE E COMPARTILHE CITANDO A FONTE:

A Velha estrada do Gado - Hoje Estrada do Patu - Estrada da Caminhada da Seca

Caminham... caminham... nada mudou... mas a cada manhã a aurora... um novo nascer de sol... nova esperança



Fé - tristeza - indignação e ainda muita revolta são os combustíveis dos passos desse povo


Visões do Sertão ao Longo da Caminhada

Visões do Sertão ao Longo da Caminhada - Pouca água - muita seca - chão gretado e a indústria da seca continua

Visões do Sertão ao Longo da Caminhada - A lendária Serra do Patu - Senador Pompeu

VEJAM VÍDEO - DOCUMENTÁRIO SOBRE A 34ª CAMINHADA DA SECA REALIZADA EM 13/11/2016- SEGUNDO DOMINGO DE NOVEMBRO - JÁ ESTÃO CONVIDADOS PARA CAMINHADA DA SECA QUE SE REALIZARÁ NO SEGUNDO DOMINGO DE NOVEMBRO DE 2017 - Clique na imagem abaixo e assistam: 


quarta-feira, 23 de novembro de 2016

POESIA DO ATIVISTA IRANI FOGAÇA: " O Cerco, a Seca Tudo Seco"

Irani Fogaça é arquiteto - especialista em urbanismo e ativista na luta pela cidadania
Está na foto pequena acima com microfone na mão - Nasceu e mora em São Paulo
Acompanha a Caminhada da Seca - Estudioso sobre Campos de Concentração
Esteve na 34ª Caminhada da Seca em Senador Pompeu

Abaixo, poesia que o ativista Irani Foçaga escreveu, falando através de versos da seca e dos campos de concentração das secas do Ceará. Irani Fogaça colou grau na Faculdade de Belas Artes de São Paulo (SP) com estudo e monografia sobre como preservar e ocupar os casarões do Campo de Concentração do Patu em Senador Pompeu Ceará. Quem quiser entrar em contato com ele, pode fazê-lo pelo Facebook. Abaixo a poesia que escreveu sobe o tema:


O Cerco, a Seca tudo Seco


A Cerca, a seca tudo seco
O Sofrimento, a seca tudo seco
A Luta,  a seca tudo seco
A Fé,  a seca tudo seco
A Esperança,  a seca tudo seco
O Otimismo, a seca tudo seco
A Ilusão, a seca tudo seco
O Descaso, a seca tudo seco
A Mentira, a seca tudo seco
A Ganância, a seca tudo seco
O Dinheiro, a seca tudo seco
A Sede, a seca tudo seco
A Fome, a seca tudo seco
A Morte, a seca tudo seco
O Cerco, a seca tudo seco


domingo, 20 de novembro de 2016

Poesia: Sim... Sim... Ainda Há Tempo para Humanidade


Foto: Valdecy Alves



Precisamos de arte 
Que nos preencha com o sentimento
Libertador do perdão...
Precisamos de conhecimento
Que nos faça realmente livres
Da culpa da incompetência política
Da escravidão das necessidades
Impostas pela natureza
Da traição de todas as religiões
E da escravidão que os humanos
Impõe e impuseram a outros humanos...

Todos esses erros

Oh, Humanidade!
Fazem-nos indignos do nascer do sol
Fazem-nos indignos do próprio crepúsculo...
E da própria escuridão estrelada
Das noites sem luar...

Perdão pela criação de religiões

Que mataram e enganaram por 1.000 anos
Com a complacência de milhões de fiéis...
Perdão por termos criados a política  e a distorcido
Que mantém o discurso da construção do paraíso
E ocupou o lugar da causa de todos os problemas
Que antes só existiam em escala natural...

Perdão por termos permitido

em alguns casos
Que aquela e esta mesma política 
Que aquela e esta mesma religião
Tenham-se juntado um dia
E construído o pior de todos os infernos
Que até hoje só piora em qualidade...
E as mais amaldiçoadas de todas as guerras
Que tingiram e tingem de vermelho rios... lagos... oceanos
E tudo de ruim que se expande ainda 
Por todos os meridianos do mundo
Em quantidade... como um câncer crescente... 
De qualidade viral e apetite voraz progressivos
Capaz de devorar até o bem que ainda não existiu...

A arte... a fé... o conhecimento

Precisam carregar teores
Que levem a Humanidade
Depois do sentimento de perdão...
Além... muito além...
Sim... sim... ainda é tempo...

Se não for assim

Toda Humanidade
Desde o primeiro humano
Até o último... antes do suicídio geral
Que se consolida no presente...
E avança para devorar o futuro...
Maldição no DNA da história humana
Que devorou de dentro para fora
Todas as grandes civilizações...
Fará com que toda existência da humanidade
Não terá valido a pena...
E ao aniquilar-se... apenas limpará
Do azul marinho dessa joia chamada terra
A mácula vermelha visível apenas do espaço...
Iluminada por essa gema de ouro-luz... o sol
Ainda por chegar ao interior da Caverna de Platão!


Ainda há tempo... ainda há tempo
Para humanidade...
Temos sonhado
E todos os profetas, os grandes sábios e grandes líderes
Têm anunciado os mais perfeitos paraísos
Mas o construído tem sido o pior
Diferente da planta da anunciação...

Talvez em toda a história do planeta

Nunca seres vivos quais os humanos
Tenham sonhado tanto... anunciado tantos paraísos
E agido ao contrário do sonhado...
Pois não adianta sonhar com o mais belo jardim
Anunciar tantas flores com tantas vidas e cores...
Mas agir...plantando ervas e construindo balas...
Ao ritmo de todos os tipos de escravidão...

Sim... ainda há tempo... para Humanidade

Sigam a planta dos sonhos
Sintonizem as ações com as plantas da construção prometida
Com as regras das construções desenhadas
E tudo se inverterá... e o único e verdadeiro paraíso emergirá..
Sim... é isso... somos, em verdade
Os nossos maiores demônios e anjos
É chegada a hora da construção do paraíso prometido
Sim... ainda há tempo para Humanidade... Ainda há tempo!


                                           Para todos que creem ainda na utopia
                                           De Valdecy Alves
                                           Fortaleza - 20/11/2016 

Related Posts with Thumbnails