quarta-feira, 19 de setembro de 2012

SERVIDORES DA SAÚDE DE ITAPIÚNA - COMPARECERAM À PROCAP - PARA DENUNCIAR MUNICÍPIO QUE COMPLETARÁ 03 MESES COM SALÁRIOS EM ATRASO - A PROCAP VÊ TAIS FATOS COMO DESMONTE! JÁ FOI ORDENADO AO PROMOTOR DA COMARCA QUE ABRA INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO PARA URGENTE INVESTIGAÇÃO! EM TRAIRI AS INVESTIGAÇÕES COMEÇARAM DA MESMA FORMA!


Comissão dos Servidores da Saúde de Itapiúna - Servidores da Saúde em greve - 03 meses de salários atrasados
Assessoria jurídica do Sindicato dos Servidores: Dra. Ilíada, Karnak  Dra. Mara Paula  e Dr. Valdecy Alves
A PROCAP DARÁ INÍCIO ÀS INVESTIGAÇÕES - POIS SALÁRIO ATRASADO É INDÍCIO DE DESMONTE 

Na manhã de hoje, 19/09/2012, uma comissão de servidores da saúde do Município de Itapiúna, em greve há alguns dias, acompanhada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, através do seu presidente José Ivan, juntamente com assessoria jurídica, compareceram à Procuradoria dos Crimes Contra Administração Pública (PROCAP) para acompanhar a abertura de procedimento requerido pela  Dra. Izabel Porto, da Promotoria da Saúde do Estado do Ceará. O MINISTÉRIO PÚBLICO  ESTADUAL DEU INÍCIO A UMA MINUCIOSA INVESTIGAÇÃO. Em Trairi as investigações começaram assim e terminou na prisão de muita gente!



Ofício da Dra. Izabel Porto - promotora - para PROCAP
Pedindo investigações sobre possível desvios de verbas públicas


Na última semana, os servidores da saúde de Itapiúna, denunciaram  junto à Promotoria da Saúde do Ministério Público Estadual o prefeito, o secretário de saúde e o Município de Itapiúna, por atraso de salário, já são 03 meses. O QUE ATENTA CONTRA O DIREITO À VIDA E CONTRA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. Tendo em conta que agora no final de setembro completarão 03 meses de atraso do salário dos servidores. A promotora ligou várias vezes para o Município, não conseguindo falar com ninguém, pois marcaria uma audiência de conciliação para resolver a pendência via Termo de Ajuste de Conduta. A promotora vendo indícios de desvio de dinheiro público, baseada na denúncia sindical, oficiou à PROCAP para investigar. Por sua feita a PROCAP já oficiou o promotor da Comarca para abrir inquérito para investigar, o que acontecerá conjuntamente com a PROCAP.

Conclusão da promotora ao analisar a denúncia do Sindicato dos Servidores de Itapiúna
Indicando indícios e possibilidades de desvios de verbas



ATRASOS NÃO SE JUSTIFICAM ATÉ PORQUE OS REPASSES DAS VERBAS FEDERAIS ESTÃO EM DIA. OS DEMAIS MUNICÍPIOS DO CEARÁ ESTÃO PAGANDO EM DIA.  NÃO SE JUSTIFICANDO ATRASO DE SALÁRIOS DOS SERVIDORES DA SAÚDE. Os promotores da PROCAP veem atraso de salários como início de desmonte da máquina pública, sem falar que também é crime eleitoral.


Ofício do coordenador da PROCAP ao promotor da Comarca para abrir investigações
A PROCAP  PARTICIPARÁ DAS INVESTIGAÇÕES
ATRASOS SALARIAIS NÃO SE JUSTIFICAM!


A comissão foi requerer urgente à PROCAP auditoria nas contas do Município o que pode ser feito pela PROCAP JUNTAMENTE COM O TCM, para cessar qualquer possibilidade de desmonte. REPRESENTARÁ PARA ABERTURA DAS AÇÕES CRIMINAIS, BLOQUEIOS DE VERBAS E ATÉ PARA O AFASTAMENTO DO PREFEITO DO CARGO, EM AÇÃO CAUTELAR PREPRATÓRIA DE AÇÃO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.  Por fim, atrasar salários é crime devidamente tipificado até pela Constituição. O QUE ESTÁ ACONTECENDO EM ITAPIÚNA É ILEGAL, IMORAL, INJUSTO E INCONSTITUCIONAL. Todas as medidas já estão sendo tomadas. VIVEMOS NUMA DEMOCRACIA ONDE DEVE TRIUNFAR A VONTADE DA LEI, NÃO DOS MAUS GESTORES PÚBLICOS!

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails